5 de jan de 2010

Sou Campeão! E Foi Assim...

Postado por Fernando Felipe
Até pareceu que seria fácil. O Sport entrou em campo com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0. Uma derrota por um gol de diferença levaria a decisão para os pênaltis. Mas na final desse grande campeonato, não poderia faltar emoção.

Embora o Estrela Verde tenha jogado com mais vontade, o Sport foi mais objetivo no primeiro tempo, e abriu o marcador com Cebolinha, aos 41 minutos. Após passe de Pretinho, o atacante rubro-negro bateu cruzado da entrada da área, sem chances pro goleiro alviverde. Mais uma vez, 1 a 0 pro Sport. O rubro-negro administrava o jogo, e tudo caminhava para um resultado tranquilo.

No segundo tempo, tudo mudou. O alviverde do Bairro de Fátima foi valente e buscou o empate. Após cobrança de escanteio, Gilberto cabeceou sozinho no canto esquerdo de Ismeraldo, marcando o primeiro gol do Estrela, que logo marcou o segundo. Depois de confusão na área, a bola passou por toda a defesa rubro-negra, e caiu nos pés de Messias, que só encostou pras redes, poucos minutos antes do fim da partida.

No último instante de jogo, o Papai da Cidade ainda teve a chance de liquidar a partida. Saulo cobrou escanteio, e o goleirão do Estrela soltou a bola nos pés de Cebolinha. Embaixo da barra, o atacante se preparou para concluir em gol, mas a zaga alviverde afastou o perigo, levando a decisão para os pênaltis. O Campeonato Tabirense 2009 ganhava contornos dramáticos.

Antes da disputa de pênaltis, o goleiro Ismeraldo é substituído por Indias, Messias por Vila, e Saulo por Bedê.

Para o Sport, Cebolinha, Raniel e Vila converteram. Pretinho desperdiçou, mandando a bola no travessão. O Estrela havia desperdiçado duas cobranças, uma no travessão e outra nosso Indias defendeu.

Foi suado até o último momento. Bastava o Sport marcar pra assinalar o fim de 11 anos de jejum, e o Papai da Cidade não deu sopa pro azar. Bedê mandou a bola no canto esquerdo, sem chances pro goleirão alviverde, e a galera rubro-negro explodiu em mais um grito de campeão! Após mais de uma década, o Sport Tabira vence novamente o Campeonato Tabirense, e se sagra octacampeão municipal!

Parabéns a toda nossa galera rubro-negra que fez uma grande festa na cidade, e especialmente a Antônio Moacir, seu Moca, há quase quatro décadas baluarte do nosso rubro-negro tabirense, sustentáculo de toda essa nossa vontade de fazer o Sport brilhar e alçar vôos cada vez maiores! Parabéns, meu pai! Parabéns, Papai da Cidade!

0 comentários:

Postar um comentário

 

Sport Club Tabira - Copyright © 2012. Modelo de Ipietoon, modificado por Fernando Felipe e Fabrício Cordeiro.