21 de nov de 2007

Estamos de volta! Até que enfim!

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Devido a problemas com o nosso servidor, a hostfree, ficamos por três semanas fora do ar. Normalizada a situação, estamos de volta.
Prá você que ficou sem notícias do Papai da Cidade, vamos fazer um resumo da participação do escrete rubro-negro no Campeonato Tabirense 2007.
No dia 29 de setembro o leão estreiou diante do Milan. Com vários desfalques, como: Saulo, Gel, Erinho, Leleu e outros igualmente importantes, o Sport penou para empatar com a equipe milanista da caixa d'água, graças a um gol que caiu do céu assinalado pelo guerreiro Ranieli, em um frangaço histórico. Sport 1x1 Milan.
Passado o sufuco da estréia, o Sport tem pela frente o América de Riacho do Gado, no dia 13 de outubro, onde o leão do Cordeirão não poderia nem pensar em perder, já que Milan e América combinam fazer o que fosse possível para tirar o Sport. Só que para essa partida o rubro-negro está com quase todo seu elenco a disposição, e ai, a conversa é outra. E foi, com duas bolas na trave, defesas espetaculares de Paulinho(América), zagueiros tirando bolas em cima da linha, enfim, um sufoco tremendo. O placar para alívio americano, termina mesmo 0x0, em um daqueles dias em que a bola não estava afim de entrar mesmo.
 No dia 3 de novembro, o leão enfrentou o já eliminado Boca Jr precisando apenas de uma vitória por 2(dois) gols de diferença para passar a próxima fase. Em se tratanto de Boca Jr o objetivo seria facilmente atingido, mas o grande adversário do Sport seria ele não ir a campo, provocando o WO que interessava a América e Milan, mediante suborno, mais tarde comprovado. Graças a Neílson(Técnico da equipe) que não se vendeu, o time jogou, mesmo com o subornado Naldo(Presidente do Boca) fazendo de tudo para que isso não acontecesse, atrasando o início da partida em 1(uma) hora. Mas com o bonsenso da equipe de arbitragem e do diretor de esportes do município a partida foi realizada e o Leão vencendo-a por 5x0.
No dia 10 de novembro, o Sport enfrenta o Botafogo do Brejinho, seu algoz em outras edições, e mesmo com o vetado Irapuã Nascimento no apito, a superioridade rubro-negra não dar margem a outra coisa que não seja a incontestável vitória pelo placar de 3 tentos a 1, no jogo de ida das quartas-de-finais, disputada no estádio Cordeirão. No jogo da volta realizado no dia 18 de novembro, em Brejinho, o Papai da Cidade poderia perder por até um gol de diferença que estaria classificado. E no péssimo campo do Botafogo, o time jogou como verdadeiros leões sem dar chances ao alvi-negro do Brejinho. Final 0x0, Sport classificado.
 No próximo final de semana, o escrete rubro-negro enfrenta o Coritiba da Borborema, na primeira das duas partidas válidas pelas semifinais da edição 2007 do tabirense. Em campo 10 títulos de Campeão Tabirense, 7 pelo Sport e 3 pelo Coritiba. É o atual campeão municipal, o Coritiba, diante do atual campeão da Copa dos Campeões, o Sport. Duelo de gigantes e sem dúvida o maior clássico do nosso futebol.

8 de set de 2007

Sport vence o Cruzeiro da Arara

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
O Sport foi até o Povoado da Arara enfrentar o Cruzeiro local que fazia festa para inaugurar o seu novo e bonito uniforme. Jogando um bom futebol o time comandado por Tonho Tico acabou levando a melhor e vencendo o jogo por 1x0, gol de Juliano.
O jogo começou equilibrado, mas aos poucos o rubro-negro do Cordeirão foi tomando conta da partida, explorando as subidas dos laterais e com um toque de bola envolvente ia criando as melhores oportunidades de gol, mas apenas uma balançou a rede cruzeirense. Troca de passes na entrada da área, Messias acha Juliano bem colocado que ajeita e chuta no cantinho prá abrir o placar.
No segundo tempo, o Leão aumenta ainda mais a pressão, fazendo com que o time alvi-azulino ultrapasse pouquíssimas vezes o meio de campo. O time leonino ia criando uma chance atrás da outra, mas o preciosismo atrapalhava e as chances iam igualmente sendo desperdiçadas. Tem um ditado antigo no futebol que diz: quem não faz, leva! e por pouco isso não aconteceu. Nos acréscimos, o Cruzeiro pega a defesa do Sport desguarnecida e puxa o contra-ataque deixando o meiocampista cruzeirense, Ronivom, em condições excepcionais de empatar a peleia, mas na hora H é desarmado pelo incansável Romildo, e é só. Sport 1x0 Cruzeiro.

SPORT: Ismeraldo, Murilo, Romildo, Fal, Wellinghton; Bizunga, Messias, Daniel, Nika; Juliano e Obina. Técnico: Tonho Tico

25 de ago de 2007

O Sport joga bem, mas perde para o América de Santa Terezinha

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
O Sport recebeu o América de Sta. Terezinha no Estádio Cordeirão, e visivelmente sentindo as ausências de Gel, Saulo, Júnior e Erinho, perdeu por 1x 0.
Em um primeiro tempo bastante equilibrado, as equipes tocavam bem a bola mas criavam poucas oportunidades de gol. Enquanto o Sport explorava demasiadamente o lado direito com Fal, sentindo a falta de um atacante de ofício, tendo Nica e Biscuí improvisados na frente o time não se encontrava esbarrando na eficiente marcação americana que procurava os contra-ataques. Os lances de perigo ficavam restritos as bolas paradas de lado a lado. Um lance que poderia mudar a história do jogo em favor do leão aconteceu no final do primeiro tempo, quando Messias em uma bonita arrancada foi derrubado faltosamente causando a expulsão do meiocampista alvi-rubro pelo segundo cartão amarelo.
No segundo tempo quando todos pensavam numa pressão rubro-negra desde os primeiros minutos, pressão essa que só aconteceu depois dos 10 minutos, o América equilibrava o jogo nos sucessivos erros de passes do Sport e na pouco produtividade do lateral esquerdo Silvinho, sentindo muito a falta de ritmo de jogo e bastante acionado no segundo tempo. Enfim quando a equipe rubro-negra encaixa a marcação e exerce uma pressão no mequinha, eles encaixam o único e mortal contra-ataque pelo lado direito da nossa defesa totalmente desguarnecida e marcam o que seria o único gol do jogo. A partir daí a pressão do Papai da Cidade aumenta mas desordenados não conseguem furar o bloqueio da defesa do América que segurou o resultado até o apito final. Sport 0 x 1 América-Sta. Terezinha.

SPORT: Ismeraldo, Fal, Roni, Romildo e Silvinho; Bizunga, Romário, Daniel e Messias; Nika e Biscuí. Entraram: Wellighton, Eliciano e Djair. Técnico: Tonho Tico.

21 de ago de 2007

O Sport Club Tabira decide participar do manipulado Campeonato Tabirense

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
21/08/2007 - O SPORT CLUB TABIRA DECIDE PARTICIPAR DO MANIPULADO CAMPEONATO TABIRENSE

Quarta-feira passada ficou decidido a fórmula de disputa do Campeonato Tabirense. Os quatro cabeças de chave (Bandeirante, Coritiba, Sport e América) e o número ilimitado de inscrições de jogadores que residissem fora do município, mas para a nossa surpresa essa decisão foi revogada na surdina e confirmada em outra reunião.O Sport não era mais cabeça de chave, entrando o Botafogo do Brejinho em seu lugar e ainda terá que jogar no povoado de Riacho do Gado porque o Botafogo usará o Cordeirão, estádio do Sport, único da zona urbana, como sede.
Não concordamos com o critério de escolha dos cabeças de chave que levou em consideração apenas o último campeonato e não a trajetória dos clubes ao logo da história do tabirense. É descabido que o clube detentor do estádio sede tenha que se deslocar até outra localidade prá disputar o mesmo torneio.
Outras agremiações tiveram atendidas suas reivindicações, como serem cabeça de chave, mudarem de grupo.
No ano passado o Juvenil do Sport jogou a segunda divisão onde só tinham duas sedes, o Cordeirão e o Riacho do Gado, mas contrariando tudo que é de mais lógico teve que jogar em Riacho do Gado. No mesmo ano só que dessa vez na primeira divisão, os jogos do mesmo grupo seriam realizadas no mesmo dia e no mesmo horário, todos os outros times usaram seus respectivos estádios: Coritiba, Sociedade, Botafogo, Bandeirante e América, advinha quem mais uma vez teve que jogar em outra sede, o Sport.
Diante de tudo isso ameaçamos não participar do campeonato, mas depois de uma reunião com a maioria da diretoria decidiu-se começar o torneio e que não vamos mais baixar a cabeça para aqueles que tem como único desejo o de prejudicar o SPORT CLUB TABIRA.

17 de jul de 2007

O Sport apresenta sua nova Diretoria

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
No dia 02/07, o Sport elegeu sua nova diretoria, que assume como principais objetivos expandir o quadro de sócios e dar continuidade a construção do clube social e recretivo do Cordeirão, que fornecerá condições de manter e expandir as atividades esportivas do Papai da Cidade.
O novo quadro conta com o presidente Ricardo Pessoa, o Rico, e vice-presidente Wellington Lopes. Na secretaria continua Francisco de Assis (Có), na tesouraria José Édis Cordeiro (Edinho) e como diretor de futebol Joselito Rodrigues.
Os novos conselheiros fiscais são Sebastião Ribeiro Neto, Lucinaldo Pereira, José Nogueira, Diomedes Rocha, Antônio da Hora e Antônio Pereira (Tonho Tico).
O diretor de imprensa continua sendo Fabrício Cordeiro, o diretor social Ednaldo Gomes, o diretor patrimonial Antônio Moacir e o vice-diretor Claudino Cordeiro Neto.

1 de jul de 2007

Sport vai a Solidão e perde para o Flamengo

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Voltando as atividades o Sport foi até a vizinha cidade de Solidão enfrentar o Flamengo, e logo no primeiro minuto tomou o gol que decretaria a sua derrota.
A equipe vizivelmente sentiu a falta de ritmo de jogo e não conseguiu reagir. O técnico Tonho Tico fez três sustituições tentando fazer com que a equipe crescesse na partida, mas não deu. Final, Sport 0 x 1 Flamengo.

SPORT: Ismeraldo, Bizunga, Roni, Fal, Múrilo; Romário, Calango, Messias, Erinho; Naldo e Júnior. Entraram: Daniel, Silvinho, Nika. Técnico: Tonho Tico.

9 de mai de 2007

Sport, campeão do Torneio Miron de Futsal

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Sport e Santos fizeram uma final digna da rivalidade e da tradição do futebol tabirense. Em noite de quadra cheia onde mais de 2000 pessoas presenciaram e abrilhantaram a conquista rubro-negra.
O primeiro tempo o glorioso Sport foi senhor absoluto do jogo, com uma movimentação constante e uma rápida troca de passes não demorou mais de 2 minutos para abrir o placar, Marcelo foi o autor da façanha.  O Leão não se acomodou e continou criando oportunidades mas a bola teimava em não entrar. Em um lance infortúnio a bola bateu em Raniel e traiu o goleiro Ismeraldo deixando o marcador e o resultado do primeiro tempo igual.
 O segundo tempo reservava bem mais emoções, em momentos esporádicos a equipe santista imprimia certa pressão sendo castigada por tamanha ousadia pelos mortais contra-ataques rubro-negros, em um deles a bola passou de pé em pé até Romário, o carrasco santista, que de cara com o gol mandou a bola pro fundo da rede, novamente Sport na frente do placar.
Com a vantagem, o Leão Virgulino relaxa e permite novo empate santista, deixando boa parte da torcida apreensiva no Ginásio Municipal, mas o bom como em toda final, estava reservada pro final. Quando todos já esperavam a prorrogação mais uma vez o Galego Romário faltando exatos 7 segundos calou a até então esperançosa torcida santista, explodindo a torcida rubro-negra, SPORT CAMPEÃO 3 x 2 Santos.
Gostaria (Fabrício) muito como rubro-negro e técnico do Sport Futsal de agradecer a compreensão e o espírito de grupo que nos foi conferido pelos atletas que estiveram conosco até a final. Jogadores como anaxinando (Biscuí) e o volante João Paulo da equipe de campo que não participaram da partida mas estiveram sempre vibrando e a disposição do time quando precisasse. Aos nossos co-irmãos do Desportivo que vieram em peso e puxaram o côro de incentivo ao glorioso Sport.
E a todos os membros da direção do clube que estiveram lá e nos deram total apoio.

SPORT: Ismeraldo, Marcos, Raniel, Romário, Marcelo, Rogério, Erinho, Anaxinando(Biscuí), João Paulo.
Técnico: Fabrício Cordeiro
Assistente técnico: Joselito

5 de mai de 2007

Sem surpresas, o Sport perde para o Afogadense

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
No primeiro jogo preparatório antes da estréia do Afogadense na Série B do pernambucano, o time alviazulino recebeu no Estádio Vianão o escrete rubro-negro tabirense.O Sport entrou em campo procurando dificultar o máximo as ações do adversário e a sua superioridade física, escalando 5 homens no meio de campo e procurando congestionar aquele setor. Estava dando certo, o Afogadense encontrava dificuldades para entrar na defesa do Leão, tanto é que os dois primeiros gols da partida surgiram em erros de posicionamento da defesa do Sport e em todo o primeiro tempo o arqueiro Ismeraldo (Sport) não faz uma única defesa com dificuldade. 
No segundo tempo a tônica era a mesma, o Sport se defendendo e o Afogadense tentando furar o bloqueio rubro-negro e conseguiu mais dois gols antes dos 15 minutos da etapa final. Depois disso as duas equipes mexeram bastante nos seus times, caindo o ritmo da partida. Mima descontou para o Sport aos 30 minutos.
Público pagante: 559 espectadores
Renda: R$ 1.118,00

SPORT: Ismeraldo, Bizunga, Roni, Romildo, Geraldinho; Tita, João Paulo, Raniel, Messias, Fabinho; Valdo.
Entraram: Magal, Pitoco, Romário, Biscuí, Mima, Nika e Wellinghton.
Técnico: Tonho Tico

2 de mai de 2007

Confirmado amistoso com o Afogadense

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
O Afogadense que se prepara para a disputa da série A-2 do Pernambucano tem como primeiro desafio um amistoso contra o Sport Club Tabira. O leão tabirense não conta com Saulo, Erinho e Gel que estão no elenco do afogadense. Gel por sinal é o grande destaque até o momento do clube alvi-azulino.
Outros problemas preocupam o rubro-negro do cordeirão, como o fato de não está treinando devido as chuvas que esta caindo na cidade, fazendo com que seu campo não ofereça condições e de não poder contar com alguns atletas que estão viajando ou machucados. Mas a diretoria do papai da cidade promete se reforçar para poder fazer bonito diante do representante do Pajeú na segundona do pernambucano, que dizem estar voando. 

15 de abr de 2007

Sport perde invencibilidade em casa

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Depois de um ano e dois meses sem perder com a bola rolando, o Sport vacila e perde a invecibilidade dentro de casa.
Com muitos desfalques, principalmente da dupla de volantes titulares e do atancante Gel, o time não se acertava, perdendo o duelo no meio de campo e consequentemente o domínio da partida. Só a partir dos 25 minutos foi que a equipe equilibrou o jogo, inclusive criando as melhores oportunidades com Naldo, Wellinghton e Obina, esse último perdeu um gol íncrivel, depois de receber um passe açucarado de Naldo domina e cara-a-cara com o goleiro chuta em cima dele.
No segundo tempo o técnico Tonho Tico mexe no meio de campo, colocando Ninha no lugar de Djani e Nika no lugar de Ramos, voltando Bizunga para lateral direita e Geraldinho para lateral esquerda, essas alterações surtiram efeito e o time domina o meio-de-campo e o jogo. Boas oportunidades são criadas e o gol parecia ser questão de tempo, mas ele não sai e em uma falha individual de Geraldinho, o Flamengo se aproveita e marca o único gol do jogo. A pressão do rubro-negro tabirense aumenta, o zagueirão Romildo faz boa jogada individual e toca para Zé Horlando que ganha na velocidade do zagueiro do flamengo mas na saída do goleiro chuta fraco para a fácil defesa do arqueiro flamenguista. Devido a partida ter começado fora do horário previsto e por falta de luminosidade o segundo tempo teve apenas 35 minutos. Final Sport 0 x 1 Flamengo.

SPORT: Ismeraldo, Geraldinho, Roni, Romildo, Ramos(Nika); Bizunga, Djani(Ninha), Messias, Wellinghton(Galeguinho), Obina(Zé Horlando) e Naldo. Técnico: Tonho Tico

31 de mar de 2007

Em mais um confronto local, Sport e Estrela Verde ficam no 1 a 1

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Em mais um confronto caseiro, o Papai da Cidade enfrentou no estádio Cordeirão o bom time do Estrela Verde. A partida foi muito disputa e as duas equipes buscaram a vitória o tempo todo.
Logo aos 3 minutos de jogo o Sport abriu o placar com Saulo explorando o que seria o ponto mais forte do time durante a partida, o lado esquerdo do adversário.
O lateral-direito Bizunga não se fez de rogado e aproveitando o espaço dado pelo Estrela, vai a linha de fundo e cruza na cabeça de Saulo, abrindo o marcador para o Leão. Sport 1x0.
Com a desvantagem no marcador a equipe alvi-verde parte com tudo para cima do Sport. Em um lance de abafa em que a bola foi chutada por três vezes no travessão, por muito pouco o marcador não se iguala. Após o susto, o leão acorda e por duas vezes deixou de aumentar o placar, com Gel e Messias. No primiro lance, Gel recebe a bola dentro da área depois de uma jogada pela direita com o ala Bizunga e cara-cara com o gol chuta em cima do goleiro. No segundo em uma jogada parecida Messias livra-se do zagueiro e inacreditavelmente chuta a bola para fora. Como diz aquele velho ditado: quem não faz leva. Em uma falta do lado da área, Ismeraldo sai do gol, o atacante choca-se com ele e a bola sobra livre para o jogador do Estrela empatar o jogo. 1x1.
Na segunda etapa, a partida é equilibrada até os 15 minutos, apartir daí o time rubro-negro parte pra cima decidido a vencer o jogo, explorando principalmente as jogadas pelo meio e pelo lado direito do Sport. Mas o Leão esbarra na forte retranca e nas pessímas finalizações do time do Cordeirão. O alvi-verde do Bairro de Fátima mostra-se satisfeito com o empate e limita-se a explorar apenas os contra-ataques, em um deles no final do jogo o atacante Gilberto acertou uma bomba da entrada da área que assustou o arqueiro Ismeraldo. E foi só. final Sport 1x1 Estrela Verde.

SPORT: Ismeraldo, Bizunga, Fal(Silvinho), Roni, Geraldinho; João Paulo, Romário, Messias(Wellinghton), Saulo; Gel e Naldo(Zé Horlando). Técnico: Tonho Tico

24 de mar de 2007

No confronto dos rubro-negros, o Sport leva a melhor

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Sport e Milan fizeram neste sábado no estádio Cordeirão, o jogo dos rubro-negros onde o Papai da Cidade levou a melhor, vencendo a partida por 3x0.
A superioridade do Sport ficou estampada desde o primeiros minutos. Com o domínio absoluto do jogo, os rubro-negros do Cordeirão abriram o placar aos 25 minutos, com Gel, que em jogada individual pela linha de fundo penetrou driblando na área e quase sem ângulo mandou uma bomba surpeendendo o goleiro, Sport 1x0.
O segundo gol saiu aos 35 minutos, o lateral-direito Bizunga foi lançado em profunidade e já dentro área, quando todos esperavam o cruzamento, ele chuta forte estufando a rede milanesa. Sport 2x0.
O terceiro gol saiu depois de uma assistência perfeita do lateral Bizunga que colocou a bola na cabeça do meia armador Saulo, ele só teve o trabalho de desviar para o gol acertando o ângulo do goleiro milanense.Isso aos 10 min. do 2° tempo, Sport 3x0.
O placar poderia ter sido mais elástico, se o time continuasse com o mesmo ímpeto. Com o terceiro gol a equipe relaxou e tratou de administrar o resultado.

SPORT: Ismeraldo, Bizunga, Fal (Ninha), Roni (Dionei), Geraldinho (Murilo); João Paulo, Romário (Mika), Messias (Erinho), Saulo (Diego); Gel e Naldo. Téc.: Moacir-Interino. O treinador Tonho Tico não pôde comparecer ao jogo.

11 de mar de 2007

Vitória rubro-negra em jogo que teve apenas 75 minutos devido a chuva

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
A equipe rubro-negra, neste final de semana, foi até a cidade de Santa Terezinha-PE enfrentar o time luso local. Com um show de bola comandado pelo atacante Gel, o Leão aplicou 2x0 na Portuguesa. O placar só não foi maior graças as boas defesas do goleiro da lusa santerezinense.
Aos 30 minutos do segundo tempo, a partida foi encerrada devido a forte chuva que alagou o campo e impossibilitou a prática do futebol.Os gols do Sport foram marcados pelos atacantes Naldo no primeiro tempo e por Gel no segundo.
Na Preliminar o Sport Juvenil perdeu por 2x1.

SPORT: Ismeraldo, Bizunga, Roni, Romildo, Geraldinho; Romário, João Paulo, Messias, Wellinghton; Naldo e Gel. Técnico: Tonho Tico

5 de mar de 2007

Depois das Festas de Momo, o Leão volta com tudo e faz mais uma vítima

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Passada as festas carnavalescas, o Papai da Cidade voltou a jogar. Recebeu em seu estádio o Bangu, tradicional equipe da vizinha cidade de Afogados da Ingazeira que trouxe o que havia de melhor por lá.
Mesmo assim, não foi páreo diante do escrete rubro-negro que com gols de Gel, Naldo e do jovem e promissor Diego(de apenas 15 anos) liquidaram com o adversário.
Com um futebol envolvente o time rubro-negro alugou o meio de campo deixando o adversário atordoado e completamente dominado. Mesmo com todo volume de jogo, uma bola na trave e várias oportunidades desperdiçadas, não conseguiu abrir o marcador.
No segundo tempo o enredo continuou o mesmo. O Sport envolvia o adversário, criava as oportunidades que insistia em esbarrar na trave(três vezes) e nas boas intervenções do arqueiro alvi-rubro. De tanto insistir a bola acabou entrando, Naldo recebeu na entrada da área e soltou a bomba, o goleiro defendeu, ela bateu no travessão e voltou para Gel com oportunismo abrir o placar. Sport 1x0.Como diz o velho ditado: onde passa um boi passa uma boiada, o time rubro-negro marca o segundo com Gel em tarde inspirada, ele rouba a bola no meio de campo, avança em velocidade e de cara com o goleiro rola para Naldo que com o gol livre só tem o trabalho de empurrar pro fundo da rede.Sport 2x0.
Sem reação, o adversário apela cometendo muitas faltas, várias delas bastante desleais que acabou resultando na expulsão de Rogério para o time do Bangu.
Com um jogador a mais o Sport trata logo de matar o jogo. Mika e Diego, sangue novo no ataque rubro-negro, puxam o contra-ataque tendo à sua frente apenas o zagueiro Neto e o goleiro do Bangu, os dois atacantes trocam passes e deixam o zagueirão Neto de bobo da corte e já dentro da área o garoto prodígio Diego finaliza, marcando mais um para o Leão. Sport 3x0 Bangu.
Após o terceiro gol do Sport, Neto chutou a bola para fora do estádio e também foi expulso. A partir daí o time tabirense só administrou o placar.

SPORT: Ismeraldo, Geraldinho(Fal), Roni, Romildo, Silvinho(Carenagem); Bizunga(Dionei), Romário, Messias(Erinho), Wellinghton; Naldo(Mika) e Gel(Diego). Técnico: Tonho Tico.

Depois de 16 dias fora da rede, estamos de volta

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Depois de enfrentamos problemas com o serviço de hospedagem do site, que nos deixou por 16 dias fora da grande rede, estamos de volta e tomando as providências para que mal-entendido como o ocorrido não tornem a acontecer.
Durante esse período, o Sport Club de Tabira por intermédio de seu técnico Tonho Tico, foi presenteado com um novo e belissímo uniforme, bolas e pares de luvas, doados pela DAMOL.
Essa mesma empresa, fabricante de molas, que está localizada em São Paulo e que tem como proprietário um conterrâneo tabirense, também agraciou outras agremiações da nossa cidade.
Esperamos que outros empresários, comerciantes e principalmente o poder público também enxerguem com bons olhos o desporto amador.
Em nome do Sport e das demais agremiações, NOSSO MUITO OBRIGADO!

11 de fev de 2007

O Leão vai até Tuparetama e Carimba as faixas do Sanaú

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Apesar dos problemas que o treinador Tonho Tico teve para escalar o time devido a ausência de alguns jogadores importantes, a equipe que entrou em campo mostrou qualidade e muita vontade de vestir a camisa rubro-negra.
Impondo seu ritmo ao adversário durante toda a partida, abriu o placar com o atacante Naldo, com um forte chute de perna esquerda. Sport 1 x 0 Sanaú, placar do primeiro tempo.
No segundo tempo a história não foi diferente, envolvendo o adversário com um bom toque de bola e boas jogadas marcou seu segundo gol com o sempre técnico e inteligente Messias completando um rebote de um chute de Naldo.
Para finalizar o baile rubro-negro o atacante Gel que com dribles curtos e muita velocidade, infernizando a defesa do Sanaú, marcou o terceiro gol rubro-negro e fechou o caixão do campeão tuparetamense. Placar final Sport 3 x 0 Sanaú.

Time: Ismeraldo, Bizunga, Romildo, Roni(Pitoco), Geraldinho; Romário(Evandro), Messias, Gel, Wellinghton; Zé Horlando(Fal) e Naldo. Técnico: Tonho Tico.

9 de fev de 2007

A diretoria do Sport cria um quadro de sócios contribuintes

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Com o objetivo de construir sua tão sonhada casa de shows, que quando pronta dará suporte financeiro para a administração do clube, a diretoria do Sport arregaça as mangas e cria um quadro de sócios contribuintes, que já conta com mais de 100 abnegados.

É ISSO AÍ GALERA, VAMOS CONTRIBUIR.

8 de fev de 2007

O Papai da Cidade faz o jogo de entrega das faixas ao campeão tuparetamense, o Sanaú

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
O Leão fez nesta quinta-feira, o coletivo apronto para enfrentar a forte equipe do Sanaú. Sem poder contar com todos os atletas do grupo, o técnico Tonho Tico não definiu a equipe que começa jogando.

29 de jan de 2007

Dá-lhe molecada! Sub-17 e Sub-20 do Sport saem vitoriosos de Recife

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
O Papai da Cidade excursou em Recife com dois times, sob o comando de Flanklin, para enfrentar o Náutico Capibaribe. Os jogos aconteceram no sábado de manhã, no CT Wilson Campos do Náutico, no bairro da Macaxeira.

No primeiro jogo, o Sub-17 entrou em campo disposto a derrotar o bem mais encorpado time do Náutico. Com o meio de campo tabirense envolvendo o time alvirubro, os rubro-negros tiveram três boas chances de gol, não concluídas. Mas no fim do primeiro tempo, a meninada relaxou e nos dois minutos finais o Náutico marcou duas vezes. No segundo tempo, os meninos não relaxaram e com a mudança de posição de Diego, de 15 anos, que estava como goleiro para atacante, o time melhou muito. E em cobrança de falta na direita da entrada da área, Diego começou seu show particular, e mandou a bola no ângulo esquerdo. Indenfesável. 2 a 1. Dez minutos depois, Diego, mais uma vez cobrando falta, encotrou um vazio na barreira alvirubro e colocou no canto esquerdo do goleiro. 2 a 2. Para concluir a reação e o show do menino, o meio-campo dá uma bela enfiada para Diego Lagartixa tocar na saída do goleiro e marcar seu terceiro gol. Final do placar: 3 a 2 pro Papai da Cidade.

Logo após, o Sub-20 entra em campo, e dá outro show. Sem individualismos e com muita correria e raça, os juniores abriram logo o placar. Numa jogada individual, depois de passar por dois defensores, Gel manda a bola para Obina tocar para o gol vazio. Em mais uma jogada linda de Gel, o atacante rubro-negro passa por três defensores do Timbu e tira do goleiro. 2 a 0. Após isso, foi lamentável a atitude do árbitro da partida. Em ataque do Náutico, Fal faz falta fora da área e o juiz marca penalti. O atacante diminui. 2 a 1. O Papai da Cidade não se abalou, e mais uma vez Gel, na linha de fundo, lançou para a área com efeito, tirando do alcance do goleiro, 3 a 1. Mais uma vez o árbitro atrapalha a partida. Carenagem faz falta longe de área e o juiz marca novamente penalti. 3 a 2. O Sport não perde o volume de jogo e continua atacando, até que Gel invade a área, e dribla o zagueiro que o derruba. Júnior bate e converte. Placar final: 4 a 2.

JOGO SUB-20: SPORT TABIRA 4 x 2 Náutico Capibaribe
Time do Sport: Célio; Carenagem (Joel), Fal, Cosme, Felipe (Júnior); Ninha, Romário (Juci), Erinho (Zelão), Saulo (Evânio); Gel e Obina (Marcílio). Técnico: Flanklin.
Time do Náutico: Diego; Tawilliam, César, Douglas, Henrique (Rafael); Guilherme, Rafael (Vinícius), Maxrom (Belo); Marcos (Waldir) e Eduardo (Du).
Gols do Sport: Gel (2x), Obina e Júnior.

JOGO SUB-17: SPORT TABIRA 3 x 2 Náutico Capibaribe
Time do Sport: Diego Lagartixa (Juci); Rafael (Catito), Elis, Galeguinho, Elivelton (Mela); Juninho, Edílio, Rafinha (Rô), Cletinho (Júnior); Joab (Diego Lagartixa) e Jeferson. Técnico: Flanklin.
Time do Náutico: Emerson; Williams, Ray, Bronquinho, Hugo; Carlos, Betinho, Bibi, Branco; Welton e Rodrigo.
Gols do Sport: Diego Lagartixa (3x)

21 de jan de 2007

Sport derrota o Estrela Vermelha, de Palmeiras de Imaculada-PB

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
Em mais um confronto contra os times paraibanos, [notícia incompleta].

Ismeraldo; Bizunga, Fal, Roni, Silvinho (Wellington); Romário, João Paulo, Saulo, Messias; Gel e Naldo. Técnico: Tonho Tico.

14 de jan de 2007

Sport ganha fácil do Gavião

Postado por Fernando Felipe Comente aqui!
No primeiro jogo do ano, o Sport enfrentou, neste domingo no Cordeirão, o Gavião, de Jurú, e ganhou por 2 a 0. Saulo e Naldo inauguraram a contagem de gols do rubro-negro tabirensen em 2007. O jogo marcou também a volta do técnico Tonho Tico ao comando da equipe.

O primeiro tempo foi o momento dos gols. Em cruzamento de Romário, Saulo só encostou com o peito para as redes, fazendo o primeiro gol do Papai da Cidade em 2007. Poucos minutos depois Saulo lança Naldo, que sozinho na área manda de para o gol. Naldo ainda mandou um chutaço na trave, mas a bola foi pra fora.

O segundo tempo foi de muitas bolas na trave, e de um jogador só. Gel chutou três vezes no poste, e ainda acertou uma cabeçada no canto da trave. O jogo teve apenas um time jogando. O Papai da Cidade dominou todo o jogo, tendo o Gavião dado apenas um chute a gol. Com esse jogo, o Sport completa a série de 15 jogos invictos, com 10 vitórias e 5 empates.

Sport: Ismeraldo; Bizunga, Fal, Roni (Cosme), Silvinho (Wellington); Romário, João Paulo, Saulo (Erinho), Messias; Gel e Naldo. Técnico: Tonho Tico.
 

Sport Club Tabira - Copyright © 2012. Modelo de Ipietoon, modificado por Fernando Felipe e Fabrício Cordeiro.